China pode estar entrando em colapso de todo um sistema financeiro

- THE EPOCH TIMES - Nicole Hao - TRADUÇÃO CÉSAR TONHEIRO - 23 JUN, 2022 -


Depois que quase um milhão de chineses não conseguiram acessar seus depósitos bancários na província de Henan, no centro da China, no início deste ano, residentes em Xangai, no leste da China, Shenzhen, no sul da China, Dandong, no norte da China, e Jiujiang, no centro-leste da China, relataram sobre as dificuldades que enfrentaram ao tentar sacar dinheiro de suas contas bancárias.

Determinados bancos estão atendendo apenas um número limitado de clientes por dia, alguns limitam a retirada de cada cliente a não mais de 1.000 yuans (cerca de US$ 149) e outros fecharam suas agências. Até os caixas eletrônicos estão vazios.

As corridas aos bancos acontecem na segunda maior economia do mundo há mais de uma semana, o que é incomum na China, porque a maioria dos bancos são estatais.


“A razão pela qual a questão dos bancos não foi resolvida é que o sistema econômico da China está em crise e o regime chinês não tem a capacidade de resolvê-la”, disse Wang He, comentarista de assuntos da China nos EUA, ao Epoch Times, em 22 de junho.


Zheng Yongnian, um dos conselheiros econômicos do líder chinês Xi Jinping, publicou um ensaio em 1º de junho, no qual destacou que a economia da China está enfrentando desafios críticos, incluindo mais da metade dos investimentos estrangeiros que deixaram a China, e as empresas privadas chinesas estão lutando pela sobrevivência devido a uma crise na cadeia de suprimentos e falta de dinheiro.


Sem surpresa, o ensaio de Zheng foi removido da internet da China logo após ser publicado, já que o sistema de propaganda de Pequim não permite que as pessoas comentem sobre a economia chinesa.

Do lado de fora de um banco no distrito de Jing'an, em Xangai, um trabalhador conversa com pessoas que querem sacar dinheiro em 1º de junho de 2022. (Hector Retamal/AFP via Getty Images)

Residentes de Shenzhen


“Tenho uma conta no Banco Agrícola da China. Nos últimos dois dias, as pessoas fizeram fila na frente da agência. Esta é a primeira vez que vejo uma fila tão longa”, disse Chen, residente em Shenzhen, na província de Guangdong, no sul da China, à NTD Television, mídia coirmã do Epoch Times, em 21 de junho.


O Banco Agrícola da China é um dos quatro principais bancos estatais da China. Os outros três são o Banco Industrial e Comercial da China, o Banco da China e o Banco de Construção da China. Chen disse que foi informado de que o banco havia congelado as contas dos clientes por engano. Para descongelar uma conta, o banco pediu a seus clientes que enviassem seus cartões de residente em Shenzhen pessoalmente.


O cartão de residente é um método que o regime chinês usa para controlar a movimentação de pessoas de um local para outro. Em geral, o regime usa um sistema de registro de domicílio para trancar uma pessoa em uma cidade. A pessoa não terá direitos básicos de residência se não tiver um cartão de registro de domicílio local. Se uma pessoa trabalha para uma grande empresa em outra cidade por seis meses, o empregador pode solicitar um cartão de residência para o empregado.

Hao, morador do distrito de Longgang em Shenzhen, disse ao Epoch Times em 22 de junho que o congelamento de contas é um método que os bancos usam para impedir as pessoas de sacar dinheiro.


“É difícil encontrar [agora em Shenzhen] um caixa eletrônico que tenha dinheiro dentro. Na verdade, há cerca de dois meses atrás, tem sido difícil sacar dinheiro. Eu tentei o Banco Agrícola da China e o Banco de Construção da China. Não está fácil sacar dinheiro”, disse Hao.


Em um vídeo que se tornou viral em 21 de junho, um homem disse que em um bairro de Shiyan, no distrito de Bao'an, em Shenzhen, as pessoas fizeram fila do lado de fora do Banco da China às 6h, mas foram informadas de que o banco estava sem estoque de dinheiro quando abriu às 9:00 da manhã.

O banco não explicou por que ficou sem dinheiro.


Corridas bancárias em outras cidades


Dandong é uma cidade vizinha à Coreia do Norte, do outro lado do rio Yalu, na província de Liaoning, nordeste da China. Nas últimas semanas, as pessoas em Dandong reclamaram que não conseguiam sacar dinheiro de suas contas bancárias, não importa o quão elevado fossem seus saldos.


“Faz uma semana. Todas as manhãs, há uma longa fila [de pessoas] esperando para sacar dinheiro. No entanto, quando é nossa vez à tarde, o banco está seco”, disse um morador de Dandong em um vídeo de mídia social em 20 de junho.


O homem que gravou o vídeo disse que os empregadores em Dandong depositam salários nas contas bancárias de seus funcionários no Dandong Bank. Os funcionários, por sua vez, retiram o dinheiro para suas despesas diárias. Ser incapaz de acessar dinheiro tornará difícil para eles.

Pessoas enfileiradas em frente a um banco em Dandong, China, em 20 de junho de 2022. (domínio público)

Outro morador de Dandong reclamou em um vídeo que foi a vários bancos, mas não conseguiu dinheiro.


Na cidade de Jiujiang, na província de Jiangxi, os moradores relataram que as agências do Agricultural Bank of China só permitem que os clientes retirem 1.000 yuans (cerca de US$ 149) ou menos se não tiverem um registro familiar local.

Em Xangai, no leste da China, as pessoas também estão esperando na fila do lado de fora dos bancos.


Huang, um residente local, disse à NTD Television em 21 de junho que os bancos atenderão apenas 300 clientes por dia e isso começou em 1º de junho, quando a cidade abriu oficialmente após o bloqueio do COVID. As pessoas têm que ir ao banco de manhã cedo, senão nem entrarão no banco.


“Conheci um homem de 80 anos que começou a esperar na frente do banco entre as 4h e as 5h. Ele foi contado como o 107º cliente do dia em que o banco abriu às 9h. Ele teve que ficar lá por várias horas a mais porque o banco não permitiria que ele entrasse se ele perdesse a sua vez”, disse Huang.


Ao contrário dos Estados Unidos, muitos residentes chineses pagam suas contas de gás, eletricidade e água em um banco, e a maioria dos aposentados depende de dinheiro porque não sabe como fazer um pagamento usando a internet ou um smartphone, ou como pagar mantimentos usando um cartão bancário.


Nicole Hao é uma repórter de Washington focada em tópicos relacionados à China. Antes de ingressar no Epoch Media Group em julho de 2009, ela trabalhou como gerente de produto global para uma empresa ferroviária em Paris, França.


PUBLICAÇÃO ORIGINAL >

https://www.theepochtimes.com/bank-runs-happening-across-china-people-complain-hard-to-obtain-cash_4552349.html




29 views0 comments