Taxa de desemprego sobe para 14,4%

- O ESTADO DE SÃO PAULO -30 Out, 2020 -

Daniela Amorim -


Segundo o IBGE, aumento na taxa de desemprego é reflexo da flexibilização das medidas de isolamento, que levou mais pessoas a procurarem trabalho. Foto: Nilton Fukuda/Estadão

Taxa de desemprego sobe para 14,4%, a maior já registrada pela Pnad Contínua


Total de brasileiros sem trabalho chegou a 13,8 milhões no trimestre encerrado em agosto, 1,1 milhão a mais que no trimestre encerrado em maio, segundo o IBGE

Daniela Amorim, O Estado de S.Paulo

30 de outubro de 2020 | 09h25 Atualizado 30 de outubro de 2020 | 13h26

RIO - A forte queda da atividade econômica provocada pela pandemia da covid-19 continua causando estrago no mercado de trabalho. Já foram exterminados 12,044 milhões de empregos em dois trimestres, desde fevereiro, quando houve o agravamento da crise sanitária no País.

A taxa de desemprego no trimestre encerrado em agosto subiu para 14,4%, o maior nível já registrado pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que teve início em 2012.  No trimestre encerrado em julho, a taxa estava em 13,8%.

Isso significa que, ao final de agosto, 13,8 milhões de pessoas estavam em busca de um emprego no País. São 1,1 milhão de pessoas a mais em relação ao trimestre encerrado em maio. O aumento na procura por trabalho é reflexo da flexibilização das medidas de isolamento social para controle da pandemia. No entanto, todas as atividades econômicas seguem demitindo trabalhadores, com exceção da agricultura, que mostrou reação em agosto com contratações para o cultivo de café.


"O desemprego vai manter essa tendência de alta até o fim do primeiro semestre de 2021. No início do ano que vem ainda vamos ter parte dos programas de manutenção do emprego findando, o que deve viabilizar novas demissões em uma economia que vai estar custando a ganhar pujança. Esse crescimento gradativo da atividade associado a uma ociosidade grande pressiona o desemprego", disse o economista-chefe da Ativa Investimentos, Étore Sanchez.


O número de pessoas ocupadas no País caiu 5% na comparação com o trimestre encerrado em maio, descendo ao piso histórico de 81,7 milhões. Quando comparado ao mesmo trimestre do ano anterior, a queda é de 12,8%, o que representa 12 milhões de pessoas a menos no mercado de trabalho.


“A gente está vendo uma população ocupada diminuindo e isso está ligado com o processo de dispensa. Todas as atividades, com exceção da agricultura, estão em processo de dispensa”, afirmou Adriana Beringuy, analista da pesquisa do IBGE.


Segundo ela, as demissões podem ter relação com a demanda reduzida das famílias por produtos e serviços, o que resulta em demanda menor também por mão de obra nas atividades econômicas.


A taxa de desemprego poderia ter subido ainda mais em agosto se não fosse o aumento da população inativa, que alcançou o auge de 79,141 milhões, 4,177 milhões a mais que no trimestre terminado em maio.


“Pode estar havendo um desestímulo por essa procura por trabalho já pelos efeitos econômicos da pandemia, e não pela ameaça de contágio”, apontou Adriana.


Faltava trabalho para um ápice de 33,319 milhões de pessoas no País no fim de agosto, se somados todos os subutilizados. A perda de postos de trabalho foi generalizada, mas, desta vez, os mais afetados foram os trabalhadores formais. Entre as 4,270 milhões de vagas perdidas no trimestre encerrado em agosto, 1,254 milhão eram ocupações informais, 29% das vagas fechadas. Ou seja, 71% dos postos de trabalho perdidos eram formais. No trimestre terminado em maio, os informais respondiam por 74% das dispensas, enquanto os formais somavam os 26% restantes.


“O informal tem contribuído menos (para a redução da ocupação), mas não significa que não esteja mais havendo perda de trabalho informal”, ponderou Adriana. / COLABOROU GREGORY PRUDENCIANO


ARTIGO ROIGINAL:

https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,taxa-de-desemprego-sobe-para-14-4-no-trimestre-encerrado-em-agosto,70003495186

6 views

© Todos os Direitos Reservados - heitordepaola.online

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube