"Operação No Mas" prende 28 traficantes de fentanil

- THE EPOCH TIMES - Sep 22, 2020 -

Jack Phillips



Um químico da Drug Enforcement Administration (DEA) verifica pílulas contendo fentanil no DEA Northeast Regional Laboratory em Nova York em 8 de outubro de 2019. (Don Emmert / AFP via Getty Images)

Polícia Estadual de Delaware e o FBI apreendem fentanil suficiente para matar 75% da população do estado

O FBI e as autoridades locais em Delaware apreenderam fentanil suficiente para matar cerca de 75% da população do estado de quase 1 milhão.

22 de setembro de 2020 por Jack Phillips


A Polícia Estadual de Delaware e o FBI anunciaram na segunda-feira 28 prisões em conexão com a armação, chamada “Operação No Mas”.


Todos os 28 suspeitos foram acusados de 252 crimes, incluindo extorsão criminal, conspiração, tráfico de drogas e outras acusações, disseram as autoridades, conforme relatado pela WPVI-TV. Policiais disseram que a quadrilha de drogas era dirigida pelo suspeito Luis Renteria, dono de propriedades na Filadélfia e Delaware.


“Incluída nesses resultados estava a maior apreensão de fentanil pela polícia de Delaware na história do estado, causando uma grande redução no fornecimento de fentanil que teria sido distribuído nas ruas de Newark e arredores”, disse Jennifer Boone, agente especial em encarregado do escritório de campo do FBI em Baltimore. “Sozinha, a quantidade de fentanil apreendida poderia ter matado milhares e milhares de pessoas.”


As autoridades notaram a quantidade significativa de drogas que foram recuperadas.

“Foi fentanil suficiente para matar 750.000 Delawareans”, disse o tenente Robert Jones da Polícia Estadual de Delaware.


O fentanil é um opioide sintético que ultrapassou a heroína como principal causa de overdoses nos Estados Unidos, superando a heroína no número de overdoses.


“As fontes de suprimentos para a organização Renteria estavam localizadas em vários estados, incluindo Califórnia, Pensilvânia e Flórida”, disse Jones.


Renteria pode pegar até 30 anos de prisão se for condenado, disseram as autoridades.


“A quantidade de fentanil, cocaína, heroína, dinheiro das drogas e armas apreendidos nesta armação salvou vidas e vai salvar vidas - à queima-roupa. As ações dessas empresas de narcóticos têm repercussões que se estendem por nossa região e, às vezes, por todo o país. Desorganizá-los ajuda a desestabilizar o comércio de drogas que eu e todos os outros aqui hoje podemos atestar que gera violência em Delaware e em outros lugares”, disse a procuradora-geral de Delaware Kathleen Jennings, segundo relatos.


Conexão China


A China é a maior fonte de fentanil ilícito e substâncias semelhantes ao fentanil no país, de acordo com um relatório de 2018 da Comissão de Revisão Econômica e de Segurança EUA-China (USCC).


No mês passado, os Estados Unidos sancionaram um suposto chefão do fentanil, Zhang Taotao, de 32 anos, que é químico e fornecedor de produtos químicos com sede em Xangai. Ele é acusado de enviar a droga em grandes quantidades para os Estados Unidos.


O fentanil é até 100 vezes mais potente que a morfina e 50 vezes mais potente que a heroína. Apenas dois miligramas são considerados uma dosagem letal para a maioria das pessoas.


Mais de 31.000 pessoas morreram nos Estados Unidos por overdose de opioides sintéticos em 2018, a maioria deles relacionada ao fentanil, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças.


Fentanil foi encontrado no sistema de George Floyd, um homem que morreu sob custódia policial em maio e desencadeou uma onda de protestos e distúrbios durante o verão, de acordo com o escritório do legista local.


Cathy He contribuiu para este relatório.


ARTIGO ORIGINAL:

https://www.theepochtimes.com/delaware-officials-fbi-seize-enough-fentanyl-to-kill-75-percent-of-states-population_3509797.html

© Todos os Direitos Reservados - heitordepaola.online

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube