Mais de 1.000 pessoas tentam entrar num único avião para fugir do Afeganistão

- AEROIN - 15 AGO, 2021 - Carlos Ferreira -

Reprodução Twitter

Diante do rápido avanço do Talibã e sua entrada na capital afegã, trabalhadores de embaixadas de diversos países foram levados ao aeroporto de Cabul, com o objetivo de embarcarem nos próximos voos de resgate operador por forças militares ocidentais. Mas, além dos estrangeiros, um enorme contingente de afegãos também busca deixar o país nos poucos voos comerciais que ainda restavam no sitiado aeroporto.


Grande parte dos que tentam fugir são pessoas que não concordam com a ideologia do Talibã e a formação do emirado islâmico, bem como há outros buscando a fuga como forma de fugir da “justiça” dos extremistas, após terem apoiado o atual governo ou a presença dos Estados Unidos no país.


Mesmo quem tinha voos reservados acabou sendo prejudicado para dar lugar às evacuações comandadas por governos ocidentais, principalmente o dos Estados Unidos. Enquanto voos comerciais eram cancelados, aviões militares de transporte e aviões-tanque eram mobilizados no Golfo Pérsico para dar apoio à fuga.


Em consequência, e diante da incerteza, o aeroporto de Cabul virou um verdadeiro caos, com multidões invadindo terminal e pátio, como mostram os tuites que ilustram essa matéria.


LEIA MAIS:

https://www.aeroin.net/mais-de-1-000-pessoas-tentam-entrar-num-unico-aviao-para-fugir-do-afeganistao/


Para acessar o Conteúdo acima, acesse a Home Page aqui. https://www.heitordepaola.online/


15 views0 comments

Related Posts

See All