Lockdown 'Um experimento fracassado massivo e um incrivelmente caro': Microbiologista do Reino Unido

- THE EPOCH TIMES - 10 JUN, 2021 - LILY ZHOU - Tradução César Tonheiro -

A rua comercial parcialmente deserta em Richmond-Upon-Thames durante o terceiro bloqueio nacional do vírus PCC da Inglaterra em Richmond, Londres, em 19 de janeiro de 2021. (Chris Jackson / Getty Images)

O bloqueio na Inglaterra deveria ter sido suspenso semanas atrás, disse um professor de microbiologia médica na quarta-feira.


David Livermore, professor de microbiologia médica da University of East Anglia e membro da Health Advisory & Recovery Team, disse que o programa de vacinação contra o vírus do PCC (Partido Comunista Chinês) no Reino Unido não somente parece ter quebrado a ligação entre infecções e doença COVID-19 grave, mas o bloqueio em si é caro e não se mostrou eficaz.


Os comentários vêm em meio a especulações sobre se as restrições serão estendidas além de 21 de junho, data marcada no roteiro do governo para a saída do bloqueio.


Os ministros devem tomar sua decisão final na segunda-feira e se recusaram a descartar a possibilidade de adiamento do chamado “dia da liberdade”.


Lockdown 'Um experimento fracassado massivo e um incrivelmente caro'


“Acho que devíamos ter desbloqueado semanas atrás”, disse Livermore ao NTD. “O número de pessoas com COVID grave, o número de pessoas na UTI caíram drasticamente e é com as hospitalizações e doenças graves que devemos nos preocupar.”


Ele disse que devemos apenas aceitar o fato de que a COVID-19, como outras doenças respiratórias, veio para ficar.


“A sociedade, portanto, deve voltar ao normal porque os custos do bloqueio são enormes. Eles são enormes para a economia, eles são enormes para a saúde mental das pessoas. Os bloqueios são incrivelmente destrutivos ”, disse ele.

David Livermore, professor de microbiologia médica da University of East Anglia e membro da Health Advisory & Recovery Team, fala à NTD sobre o bloqueio de vírus CCP no Reino Unido em 9 de junho de 2021. (Screenshot / NTD)

Além do custo dos bloqueios, Livermore argumentou que os dados sugerem que o método dificilmente é eficaz.


“Acho que os bloqueios são um experimento massivo e fracassado e incrivelmente caro”, disse ele, citando comparações entre a Suécia, que tinha muito menos restrições, e o Reino Unido, Espanha e França; e entre o estado americano da Flórida, que reabriu totalmente em setembro do ano passado, e a Califórnia, que ainda tem muitas restrições em vigor. Livermore disse que os números de mortes por milhão de habitantes são muito semelhantes entre os países / cidades que impuseram ou não o bloqueio estrito.


De acordo com os Worldômetros, o número de mortes por milhão de habitantes no Reino Unido é 1.874 na quinta-feira, em comparação com 1.430 na Suécia, 1.685 na França, 1.718 na Espanha, 1.597 na Califórnia e 1.721 na Flórida.


'Pequena justificativa' para vacinar crianças


Questionado sobre suas ideias a respeito das vacinas contra o vírus PCC, Livermore elogiou seu rápido desenvolvimento como uma "conquista surpreendente", mas disse que seria "moralmente muito duvidoso" vacinar crianças.


“Acho que a indústria farmacêutica está de parabéns por seu sucesso em desenvolvê-las tão rapidamente”, disse ele à NTD.


Livermore disse que, de acordo com os dados atuais, é “acéfalo” que pessoas com mais de 50 anos sejam vacinadas contra a COVID-19.


“Na verdade, se você tiver mais de 50 anos, não acho que haja dúvidas de que os riscos da COVID são maiores do que qualquer risco da vacina”, disse ele, acrescentando que deveria ser uma questão de “honra e decência” para que os profissionais da saúde sejam vacinados.


Mas para grupos de idades mais jovens, para os quais o risco de COVID-19 é menor, Livermore disse que eles não deveriam ser pressionados a tomar as vacinas.


Adultos com menos de 50 anos “podem pensar que é altruísmo se vacinar”, disse ele.

“É um ponto de vista muito honroso porque você está aumentando a imunidade do rebanho, está evitando a propagação da infecção na comunidade. Por outro lado, você pode querer esperar um pouco e assistir, e eu certamente não o condenaria por isso”, disse ele.


Quando se trata de crianças, que têm muito pouco risco de sofrer de COVID-19 grave e não podem tomar suas próprias decisões, "há pouca justificativa para pedir que as crianças enfrentem até mesmo esse perigo muito pequeno quando não têm benefício”, disse ele, acrescentando que é muito cauteloso e cético quanto à vacinação precoce de crianças”.


Os números oficiais de mortes da COVID-19 no Reino Unido permaneceram em grande parte na casa de um dígito no mês passado. Embora os números de casos diários tenham aumentado exponencialmente nos últimos dias — atribuídos à flexibilização das restrições e ao surgimento de uma variante indiana mais infecciosa (Delta) — a maioria dos novos casos é observada em grupos de idades mais jovens, e os números de mortes e hospitalizações permanecem baixos.


Cientistas como Tim Spector, professor do King's College London que criou o aplicativo móvel COVID Symptom Study, disseram que os principais sintomas recentes são mais como sintomas de resfriado comum.


“O sintoma número um é a dor de cabeça ... seguida de dor de garganta, coriza e febre. Portanto, todos esses não são os velhos sintomas clássicos [de COVID-19]. E o número cinco é a tosse, é mais raro. E não vemos mais a perda de cheiro chegando ao top 10”, disse Spector em seu vídeo de atualização no Youtube, acrescentando que isso pode ter contribuído para a taxa de crescimento porque as pessoas podem ter pensado que tinham um resfriado comum e continuou a socializar.


A repórter da NTD, Jane Werrell, contribuiu para este relatório.


PUBLICAÇÃO ORIGINAL:

https://www.theepochtimes.com/lockdown-a-massive-failed-experiment-and-an-incredibly-expensive-one-uk-microbiologist_3852031.html


Para acessar o Conteúdo acima, acesse a Home Page aqui. https://www.heitordepaola.online/




13 views0 comments