Jerônimo, o "herói da inflação" eficaz tanto quanto o coiote da série Papa-Léguas

- THE EPOCH TIMES - Enrico Trigoso - TRADUÇÃO CÉSAR TONHEIRO - 30 JUN, 2022 -

O selo do Conselho de Governadores do Sistema da Reserva Federal dos Estados Unidos é exibido no chão no Edifício da Reserva Federal Marriner S. Eccles, em Washington, em 5 de fevereiro de 2018. (Andrew Harnik/AP Photo)

Agora entendemos melhor o quão pouco entendemos sobre a inflação': Powell, presidente do Federal Reserve


O presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, admitiu durante um painel de discussão que o Fed carece de entendimento sobre a inflação, a mais elevada nos últimos 40 anos nos Estados Unidos.


CLIQUE AQUI E CONHEÇA OS LIVROS DE MINHA AUTORIA >>>

https://www.heitordepaola.online/meuslivros


"Acho que agora entendemos melhor o quão pouco entendemos sobre inflação", disse Powell no fórum anual de política do Banco Central Europeu em Sintra, Portugal, na quarta-feira. “Isso foi imprevisível”, acrescentou.


Em maio, a taxa de inflação anual dos EUA subiu para 8,6%, superando a estimativa de mercado de 8,3%.


Em uma base mensal, o índice de preços ao consumidor (sigla em inglês CPI) [similar ao IPCA] subiu 1%, de acordo com o Bureau of Labor Statistics (BLS).


“Existe o risco de irmos longe demais? Certamente há um risco, mas não concordo que seja o maior risco para a economia, acho que o maior erro a ser cometido, vamos colocar dessa forma, seria não restaurar a estabilidade de preços”, disse Powell.

O presidente dos EUA, Joe Biden, se reúne com o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, e a secretária do Tesouro, Janet Yellen, no Salão Oval da Casa Branca, em Washington, em 31 de maio de 2022. (Kevin Dietsch/Getty Images)

De acordo com o analista macroeconômico Luke Gromen, é provável que o Federal Reserve continue a imprimir quantias consideráveis de dinheiro para evitar a possibilidade de uma falência do governo.


Além disso, Powell disse que vê forças da desglobalização "provavelmente" aumentando, levando a padrões onde a pressão inflacionária mais alta e o crescimento econômico mais lento sejam normalizados.


CLIQUE AQUI E CONHEÇA OS LIVROS DE MINHA AUTORIA >>>

https://www.heitordepaola.online/meuslivros


“Vivemos um período de forças desinflacionárias em todo o mundo – isso é globalização, envelhecimento demográfico, baixa produtividade, tecnologia que permite tudo isso”, disse o chefe do Fed, dizendo que era um mundo onde a inflação “não era um problema”. em geral como para a maioria das economias avançadas.


“Desde a pandemia, vivemos em um mundo onde a economia está sendo impulsionada por forças muito diferentes, sabemos disso”, continuou ele, observando que o que permanece desconhecido é se as coisas voltarão a um ambiente desinflacionário anterior e, se assim for, em que medida.


“Suspeitamos que será uma espécie de combinação de várias coisas.”, disse Powell.


O Federal Reserve tem o dever legal de lutar pelo máximo emprego e preços estáveis. Se a inflação continuar subindo, as pessoas com poupança em dinheiro e títulos do governo serão as mais afetadas.


Enrico Trigoso é um repórter do Epoch Times com foco na área de Nova York.


PUBLICAÇÃO ORIGINAL >

https://www.theepochtimes.com/we-now-understand-better-how-little-we-understand-about-inflation-federal-reserve-chair-powell_4569188.html


CLIQUE AQUI E CONHEÇA OS LIVROS DE MINHA AUTORIA >>>

https://www.heitordepaola.online/meuslivros


6 views0 comments

Related Posts

See All