Indonésia pede ajuda do Japão para conter invasão da China

10/01/2020


- REUTERS -

Tradução César Tonheiro



Um piloto da Força Aérea da Indonésia se prepara para decolar em um F-16 na base aérea de Pekanbaru, Riau, em 7 de janeiro de 2020. A Indonésia enviou jatos de combate e navios de guerra para patrulhar ilhas perto do disputado Mar Meridional da China, disseram os militares em janeiro 8, aumentando as tensões com Pequim após uma discussão diplomática sobre "invasão" de navios chineses. (STR / AFP via Getty Images) https://www.theepochtimes.com/indonesia-mobilizes-its-own-little-blue-men-in-china-stand-off-over-disputed-waters_3198806.html

Indonésia pede ao Japão que invista em ilhas próximas a águas disputadas com a China


10 DE JANEIRO DE 2020


JAKARTA (Reuters) - O presidente da Indonésia, Joko Widodo, pediu na sexta-feira ao Japão que intensifique os investimentos em pesca e energia em algumas ilhas do Mar do Sul da China, após um impasse com a China nas águas que a China reivindica na região.


Widodo fez o pedido para o Japão considerar oportunidades econômicas nas ilhas Natuna durante uma visita a Jacarta pelo ministro do Exterior japonês Toshimitsu Motegi, informou o gabinete do presidente em comunicado.


"Quero convidar o Japão para investir em Natuna", disse ele a Motegi, acrescentando que o Japão era um dos principais parceiros econômicos da Indonésia.


Widodo visitou Natuna na quarta-feira para afirmar a soberania da Indonésia sobre o aglomerado de ilhas e as águas ao seu redor, depois de relatos de guarda costeira e embarcações de pesca chinesas terem entrado na zona econômica exclusiva da Indonésia várias vezes desde o mês passado.


A China não reivindicou as próprias ilhas Natuna, mas diz que possui direitos de pesca nas proximidades, dentro de uma autoproclamada Linha Nine-Dash (nove traços) - uma linha nos mapas chineses que mostra seu território e suas águas.


A linha percorre o sul da China e inclui a maior parte do Mar Meridional da China, mas é uma reivindicação que não é reconhecida internacionalmente. Vietnã, Filipinas, Brunei, Malásia e Taiwan têm reivindicações rivais no Mar Meridional da China.


A ministra das Relações Exteriores da Indonésia, Retno Marsudi, disse a repórteres que Widodo havia pedido ao Japão que investisse em pesca, energia e turismo em Natuna.

"Também concordamos em fortalecer a coordenação da guarda costeira", disse ele.


A Indonésia intensificou as patrulhas aéreas e marítimas na área e convocou o embaixador da China sobre o aparecimento dos navios. Um porta-voz militar indonésio disse que os navios deixaram a área após a viagem de Widodo.


A China diz que está em contato com a Indonésia através de canais diplomáticos para resolver diferenças e manter a estabilidade na região.


Motegi, falando através de um tradutor após uma reunião com Marsudi, não se referiu à China, mas disse que o Japão estava cauteloso com a situação no sul da China.


"Compartilhamos uma séria preocupação com relação aos esforços para mudar com força o status quo unilateralmente e confirmamos a continuação de uma estreita colaboração", disse ele.


No ano passado, o Japão deu à Indonésia 100 bilhões de rupias (US $ 7,26 milhões) para construir um mercado de peixe em Natuna, que será nomeado Tsukiji em homenagem ao famoso mercado de Tóquio, informou a mídia.


A construção do mercado em Natuna e de outras ilhas da Indonésia começará neste ano, disse Motegi.



Reportagem de Agustinus Beo Da Costa e Gayatri Suroyo; Edição por Robert Birsel

https://www.reuters.com/article/us-indonesia-japan-southchinasea/indonesia-asks-japan-to-invest-in-islands-near-waters-disputed-with-china-idUSKBN1Z90IY


0 views

© Todos os Direitos Reservados - heitordepaola.online