EUA têm apenas 25 dias de fornecimento de diesel; escassez pode prejudicar a economia

THE EPOCH TIMES - JACK PHILLIPS - TRADUÇÃO CÉSAR TONHEIRO - 23 OUT, 2022


Os Estados Unidos estão com 25 dias de fornecimento de diesel, disse um alto funcionário da Casa Branca, acrescentando que os níveis de estoque estão “inaceitavelmente baixos”.


Dados fornecidos pela Energy Information Administration (EIA) mostram que os estoques de diesel estão em seu nível mais baixo para outubro em registros que datam de 2008, de acordo com uma análise da Bloomberg News. Os dados da EIA mostram que os Estados Unidos, em 14 de outubro, têm 25,4 dias de fornecimento – abaixo dos 34,2 dias de fornecimento quatro semanas antes.



O diretor do Conselho Econômico Nacional, Brian Deese, um dos principais conselheiros do presidente Joe Biden, disse à Bloomberg News na semana passada que os níveis atuais de diesel estão “inaceitavelmente” baixos e que “todas as opções estão na mesa” para aumentar a oferta.


A crise do diesel ocorre pouco mais de duas semanas antes das eleições de meio de mandato de novembro de 2022 e provavelmente aumentará ainda mais os preços. O diesel é o combustível usado pelos trens de carga e comumente usado por caminhoneiros de longa distância para transportar mercadorias e alimentos.


“A maioria dos produtos que usamos são transportados por caminhões e trens com motores a diesel, e a maioria dos veículos e equipamentos de construção, agricultura e militares também têm motores a diesel”, afirma o site da EIA. “Como combustível para transporte, o diesel oferece uma ampla gama de recursos de desempenho, eficiência e segurança. O combustível diesel também tem uma densidade de energia maior do que outros combustíveis líquidos, por isso fornece mais energia útil por unidade de volume.”


Os preços, por sua vez, permanecem relativamente elevados, de acordo com dados da AAA. O preço médio de um galão de diesel está em torno de US $ 5,33 em todo o país, ou cerca de US $ 2 acima desde o mesmo período de 2021, mostram os dados.


Os preços do diesel no atacado no mercado spot de Nova York dispararam na semana passada para mais de US$ 200 por barril.


Isso ocorre quando o governo Biden anunciou recentemente que liberaria outros 15 milhões de barris de petróleo da Reserva Estratégica de Petróleo dos EUA, parte dos 180 milhões de Biden autorizados em março, que os republicanos dizem ser uma tentativa de manter os democratas politicamente à tona antes das eleições de meio de mandato. Mas Biden e seus aliados dizem que não é uma tática política, e o governo diz que reabastecerá a reserva quando os preços caírem para US$ 67 a US$ 72 por barril.


“O governo dos Estados Unidos comprará petróleo para reabastecer a Reserva Estratégica de Petróleo quando os preços caírem para US$ 70 o barril”, disse Biden em 19 de outubro. “E isso significa que as empresas petrolíferas podem investir para aumentar a produção agora, com a confiança de que poderão vender seu petróleo para nós a esse preço no futuro: US$ 70”.


A medida ocorreu depois que a Organização Internacional dos Países Exportadores de Petróleo Plus (OPEP+) anunciou que cortaria a produção de petróleo.


“Agora, depois de esgotar nossas reservas de emergência para um mínimo de 40 anos, os democratas querem bilhões a mais de dólares dos contribuintes para reabastecer a [Reserva Estratégica de Petróleo] a mais que o dobro do preço”, disse o senador John Barrasso (R-Wyo.) ao New York Post na semana passada. “Este é um ataque direto a todos os americanos que lutam para encher seus tanques e aquecer suas casas”.


Jack Phillips é um repórter de notícias de última hora do Epoch Times baseado em Nova York.


ORIGINAL >

https://www.theepochtimes.com/us-has-only-25-days-of-diesel-supply-as-shortage-could-cripple-economy_4815049.html


14 views0 comments