EUA enfrentam ameaça nuclear 'épica' da China e da Rússia

- THE EPOCH TIMES - Andrew Thornebrooke - TRADUÇÃO CÉSAR TONHEIRO - 8 FEV, 2022 -

Os Estados Unidos devem enfrentar simultaneamente duas potências nucleares equivalentes pela primeira vez, enquanto a China e a Rússia continuam a crescer e modernizar seus arsenais nucleares, de acordo com o major-general Ferdinand Stoss, diretor de planos e políticas do Comando Estratégico dos Estados Unidos.


“Esta é a primeira vez que temos uma dinâmica de pares nucleares de três partes”, disse Stoss, de acordo com a Air Force Magazine. “E não temos histórico disso. Isso é épico."


Os comentários foram feitos durante uma palestra sobre a modernização das capacidades estratégicas de dissuasão nuclear dos Estados Unidos em uma cúpula anual sobre dissuasão nuclear em Washington, DC.


As observações destacaram uma crescente ansiedade sobre o regime chinês e seus esforços contínuos para se tornar um par nuclear dos Estados Unidos e da Rússia.


O governo comunista da China está engajado em um programa sistemático de modernização militar, do qual uma parte supostamente está expandindo rapidamente o arsenal nuclear do país.


Imagens de satélite revelaram no verão passado que Pequim estava construindo mais de 100 novos silos para mísseis balísticos intercontinentais na parte noroeste do país, e o Pentágono alertou que a China poderia ter mais de 1.000 armas nucleares até 2030.


Stoss, que é responsável pelo desenvolvimento dos planos estratégicos de guerra e contingências do Pentágono, disse que os Estados Unidos e seus aliados não lidaram totalmente com as ramificações do novo equilíbrio de poder e como isso afetará as operações futuras.


Além disso, ele disse que a ameaça combinada da Rússia e da China foi agravada pelo fato de os Estados Unidos terem continuamente subinvestido em seus próprios esforços de modernização nuclear.


Sobre os esforços de modernização dos EUA, Stoss disse que o país “se ajoelhou” e “aceitou esses riscos”.


Os comentários de Stoss ecoaram comentários feitos anteriormente por Patty-Jane Geller, analista de políticas da Heritage Foundation.


“Os americanos devem entender que as ameaças nucleares não são uma relíquia da Guerra Fria”, disse Geller em novembro. “À medida que a China expande seus braços para se tornar um concorrente nuclear com os EUA e a Rússia, os EUA terão que descobrir como deter dois pares nucleares ao mesmo tempo, o que nunca tivemos que fazer em nossa história.”


Dessas duas ameaças, Stoss disse que a Rússia era a mais iminente, mas que o regime chinês estava se desenvolvendo de uma maneira que lhe permitiria romper os limites estratégicos de uma maneira sem precedentes.


“Para ter certeza, ter esse tipo de avanço e os recursos que eles estão colocando online levariam anos para planejar, desenvolver e, em seguida, construir”, disse Stoss.


“Por que eles estão fazendo essa fuga estratégica? Bem, não sabemos exatamente... Mas, você sabe, talvez este seja apenas mais um tijolo para colocar na parede para cimentar sua capacidade de desempenhar um papel muito mais ousado, certamente na região e no mundo, e eles acham que precisam dessa base nuclear”.


Stoss também disse que a ascensão de um mundo multipolar com mais de duas grandes potências nucleares acabaria efetivamente com a capacidade dos Estados Unidos de controlar o nível de violência presente em zonas de conflito individuais, aumentando assim o risco geral de conflito.


“Hoje, tanto a Rússia quanto a China têm a capacidade de escalar unilateralmente em qualquer nível de violência, em qualquer domínio, em qualquer localização geográfica… e fazê-lo no momento de sua escolha”, disse Stoss.


Andrew Thornebrooke é repórter do Epoch Times cobrindo questões relacionadas à China com foco em defesa, assuntos militares e segurança nacional. Ele tem mestrado em história militar pela Universidade de Norwich.


PUBLICAÇÃO ORIGINAL >

https://www.theepochtimes.com/us-facing-epic-nuclear-threat-from-china-and-russia-us-general_4264173.html


Acesse a minha HOME PAGE, para assistir meus vídeos e ler meus livros: https://www.heitordepaola.online/


33 views0 comments