Coronavírus

23/01/2020


- REUTERS -

Tradução César Tonheiro



Aqueles que consomem este vinho acreditam que a bebida possua propriedades medicinais e que, ao ingerirem o vinho de cobra, poderão adquirir a força do animal, que é símbolo de sabedoria e longevidade. Existem ocorrências de pessoas que já foram picadas por cobras armazenadas em garrafas de vinho, mesmo depois de alguns meses.

Cobras [iguarias exóticas apreciada pelos chineses] podem ser a fonte original do novo surto de coronavírus na China


As cobras - o  krait chinês e a cobra chinesa - podem ser a fonte original do  coronavírus recém-descoberto  que desencadeou um surto de uma doença respiratória infecciosa mortal na China neste inverno. O krait de várias bandas (Bungarus multicinctus ), também conhecido como krait de Taiwan ou krait chinês, é uma espécie altamente venenosa de cobra elapida encontrada em grande parte do centro e sul da China e no sudeste da Ásia. Briston / WikimediaCC BY-SA. Infelizmente, não  há vacina  ou tratamento antiviral aprovado disponível para infecção por coronavírus. É necessário um melhor entendimento do ciclo de vida de 2019-nCoV, incluindo a fonte do vírus, como ele é transmitido e como ele se replica para prevenir e tratar a doença. (detalhes aqui) China ordena bloqueio 'sem precedentes' de duas cidades no epicentro do vírus 22 de janeiro de 2020 por  Yawen Chen, Se Young Lee


PEQUIM (Reuters) - A China interditou nesta quinta-feira duas cidades no epicentro de um novo surto de coronavírus que matou 17 pessoas e infectou quase 600, enquanto autoridades de saúde de todo o mundo lutam para evitar uma pandemia global.


As autoridades de saúde temem que a taxa de transmissão acelere à medida que centenas de milhões de chineses viajam para casa e para o exterior durante as férias de uma semana do Ano Novo Lunar, que começa no sábado.


Acredita-se que a cepa de vírus anteriormente desconhecida tenha emergido no final do ano passado de animais silvestres comercializados ilegalmente em um mercado de animais na cidade de Wuhan, na China.


A maioria dos transportes em Wuhan, uma cidade de 11 milhões de pessoas, foi suspensa na manhã de quinta-feira e as pessoas foram instruídas a não sair. Horas depois, a vizinha Huanggang, uma cidade de cerca de 7 milhões de pessoas, anunciou um bloqueio semelhante.


"A retenção de 11 milhões de pessoas é sem precedentes na história da saúde pública, portanto, certamente não é uma recomendação que a OMS tenha feito", disse à Reuters Gauden Galea, representante da Organização Mundial da Saúde em Pequim.


Não existe vacina para o vírus, que pode se espalhar através da transmissão respiratória. Os sintomas incluem febre, dificuldade em respirar e tosse, semelhante a muitas outras doenças respiratórias.


Pesquisas preliminares sugeriram que o vírus foi transmitido a humanos por cobras, mas o consultor médico do governo Zhong Nanshan também identificou texugos e ratos como possíveis fontes.


A OMS disse que vai decidir na quinta-feira se deve declarar o surto uma emergência de saúde global, o que intensificaria a resposta internacional.


Se assim for, será a sexta emergência internacional de saúde pública a ser declarada na última década. Espera-se uma entrevista coletiva da OMS algum tempo depois das 18:00 GMT.


As autoridades chinesas não deram novos detalhes sobre o número de infecções por vírus, mas foi relatado em Pequim, Xangai e Hong Kong e em vários outros países, incluindo os Estados Unidos, alimentando os temores de que ele já esteja se espalhando pelo mundo.


Confinamento em Wuhan 


O governo da cidade de Wuhan disse que iria fechar todas as redes de transporte urbano e suspender os vôos a partir das 10h (0200 GMT). No entanto, a mídia local disse que algumas companhias aéreas estavam operando após o prazo acima.


A mídia estatal divulgou imagens de um dos centros de transporte de Wuhan, a estação ferroviária de Hankou, quase deserta, com portões bloqueados ou trancados. O governo instou os cidadãos a não deixar a cidade.


A mídia estatal informou que as cabines de pedágio em Wuhan estavam fechando, o que efetivamente cortaria as saídas das estradas. Guardas patrulhavam as principais rodovias, disse um morador à Reuters.


À medida que a cidade entrava em isolamento, os moradores se aglomeravam nos hospitais para verificações e se apressavam em buscar suprimentos, limpando as prateleiras dos supermercados e fazendo fila para abastecer.


As autoridades de Huanggang ordenaram o fechamento de locais de entretenimento em recinto fechado, incluindo cinemas e cibercafés, e pediam aos cidadãos que não saíssem além de circunstâncias especiais.


As autoridades confirmaram 571 casos e 17 mortes até o final de quarta-feira, informou a Comissão Nacional de Saúde da China. Mais cedo, informou que outros 393 casos suspeitos foram relatados.


Dos oito casos conhecidos em todo o mundo, a Tailândia confirmou quatro, enquanto Japão, Coréia do Sul, Taiwan e Estados Unidos registraram um cada.


Em um relatório divulgado nesta quarta-feira, o Imperial College de Londres disse que estimou um total de 4.000 casos de coronavírus em Wuhan somente a partir de 18 de janeiro, uma taxa de infecção baseada no número de casos relatados na China e em outros lugares. a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) de 2002-03, que matou quase 800 pessoas, o governo do Partido Comunista da China forneceu atualizações regulares para evitar o pânico antes dos feriados.


Durante uma visita a Wuhan, o vice-primeiro-ministro Sun Chunlan disse que as autoridades precisam ser abertas sobre o vírus e os esforços para contê-lo, disse a agência de notícias oficial Xinhua.


Máscaras 


Alguns especialistas acreditam que o novo vírus não é tão perigoso quanto os coronavírus anteriores, como SARS e Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS), que matou mais de 700 pessoas desde 2012.


"As primeiras evidências nesta fase sugerem que não é tão grave", disse o diretor médico da Austrália, Brendan Murphy, a repórteres.


Apesar da resposta da China, as bolsas de valores da Ásia ficaram em pé na quinta-feira, lideradas por quedas de cerca de 1,5% em Hong Kong e Xangai, enquanto o yuan da China caiu para o mínimo de duas semanas.


O impacto econômico de tais surtos é difícil de quantificar, mas uma estimativa de 2006 da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) calculou que o SARS reduziu em pouco mais de 1 ponto percentual o PIB da China em 2003.


Muitos chineses estavam cancelando viagens, comprando máscaras faciais e evitando cinemas e shopping centers, e até recorrendo a um jogo de simulação de peste online como forma de lidar com isso.


O lançamento de sete filmes durante o Ano Novo Lunar foi adiado. O feriado é a alta temporada para distribuidores e cinemas atraírem multidões.


Em Pequim, as autoridades do bairro ligaram para os moradores para perguntar se eles tinham visitantes recentes de Wuhan, disse um morador.


Os aeroportos de todo o mundo intensificaram a triagem de passageiros da China e o Centro Europeu de Controle e Prevenção de Doenças disse que é provável a disseminação global do vírus.


"Obviamente, essa é uma grande preocupação para o mundo", disse à Sky a ministra britânica de negócios, Andrea Leadsom.



Reportagem de Yawen Chen, Se Young Lee, Sophie Yu e Gabriel Crossley em Pequim, Sam Shen e Engen Tham em Xangai, Ben Blanchard em Taiwan, Alison Lui e Donny Kwok em Hong Kong, John Geddie e Aradhana Aravindan em Cingapura, Stephanie Nebehay em Genebra, Kate Kelland e Elizabeth Howcroft em Londres; Escrito por Michael Perry; Edição por Stephen Coates e Clarence Fernandez

https://www.reuters.com/article/us-china-health/china-orders-unprecedented-lockdown-of-two-cities-at-virus-epicenter-idUSKBN1ZM087

0 views

© Todos os Direitos Reservados - heitordepaola.online