Como o PT usa dinheiro público do Fundo Partidário

- GAZETA DO POVO - SEM DATA -



Lula foi condenado por crime comum e Dilma Rousseff, por crime de responsabilidade: ainda assim eles continuam a receber verbas públicas.| Foto: Ricardo Stuckert/Fotos Públicas

Jornalista do time de política da Gazeta do Povo em Brasília, Wilson Lima dedicou-se nos últimos dias a ler documentos sobre os gastos do PT com o Fundo Partidário, controversa fonte de recursos bancada pelo contribuinte brasileiro.


O minucioso levantamento levou a duas manchetes que estão entre as mais lidas da Gazeta do Povo. Conteúdos exclusivos que nenhum outro jornal do país publicou.


A primeira mostrou que o dinheiro do fundo bancou pagamentos ao ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, que foi condenado e preso pela Lava Jato; um salário de R$ 18,3 mil para a ex-presidente Dilma Rousseff (PT); e um documentário sobre um festival do movimento "Lula Livre", realizado em novembro em Recife (PE).


A segunda expôs que os recursos do fundo foram usados pelo PT para bancar um contrato de R$ 160 mil com um escritório de advocacia de Curitiba destinado à “implementação de um programa de integridade no âmbito do Diretório Nacional” da legenda.


CONTINUAR LENDO:

https://view.mktgazeta.com.br/?qs=f4a5aa7ffa6396fe8130261010d0673ba0a818cda3b4a4c932720f681ae8f4fb09992a18262a4709d5aadbcd5387d6bbc1c867696c4f06201f8397c60b8d30970c0484dfd9599f40

21 views

© Todos os Direitos Reservados - heitordepaola.online

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube