China testa mísseis para atacar navios no porto

- THE EPOCH TIMES - Andrew Thornebrooke - TRADUÇÃO CÉSAR TONHEIRO - MAI 12, 2022 -

Uma imagem de satélite mostra um alvo similar de porta-aviões em Ruoqiang, Xinjiang, China, em 20 de outubro de 2021. (Imagem de satélite ©2021 Maxar Technologies/Handout via Reuters)

A análise de novas imagens de satélite sugere que os militares chineses estão testando sua capacidade de atingir navios no porto com mísseis balísticos de longo alcance. A descoberta pode lançar luz sobre os esforços do Partido Comunista Chinês (PCC) para desenvolver um exército capaz de decapitar as forças dos EUA no Indo-Pacífico.


CLIQUE AQUI E CONHEÇA OS MEUS LIVROS >

As novas imagens, tiradas por um satélite da Maxar Technologies e relatadas pela primeira vez pelo Instituto Naval dos EUA (sigla em inglês USNI), documentam uma “grande muralha” de instalações de teste de mísseis, algumas das quais foram usadas anteriormente para testar mísseis em réplicas elaboradas de navios da Marinha dos EUA.


Provavelmente construído em 2018, o local de teste de mísseis recém-descoberto está localizado a cerca de 190 milhas de distância de onde maquetes de um porta-aviões e destróier dos EUA foram descobertos no ano passado, antes de serem destruídos por testes de mísseis em fevereiro.


O USNI descreveu os locais de testes como “uma série de alcances de alvos em larga escala” localizados no deserto de Takmalakan, no oeste da China, e sugeriu que o seu uso é para testes de novos mísseis hipersônicos a serem empregados em um ataque militar inicial.


“A natureza, localização e ataques a esses locais sugerem que os alvos são destinados a testar mísseis balísticos”, informou o USNI. “Esses mísseis balísticos anti-navio hipersônicos (ASBMs) são uma ameaça cada vez mais significativa para os navios de guerra."


As forças armadas da China, o Exército de Libertação Popular (sigla em inglês PLA), vêm desenvolvendo suas capacidades de mísseis ASBM e nucleares em toda a tríade de suas forças terrestres, marítimas e aéreas nos últimos anos. Notavelmente, no entanto, a complexidade do local de testes recém-revelado pode sugerir que o PLA está desenvolvendo ASBM avançado capaz de fazer ataques de precisão alterando sua trajetória em voo.


O USNI informou que o novo local era quase idêntico ao destruído em fevereiro e construído de vários materiais diferentes, aparentemente destinados a distinguir navios alvo de cais alvo, possivelmente destacando a complexidade com que a China está coletando informações de calor e radar.


Os mísseis balísticos tradicionais são frequentemente considerados inadequados para atacar portos, pois podem facilmente se desviar do alvo e não alcançar o efeito pretendido se atingirem a água. A coleta de tais informações de alvo pelo PLA poderia ajudá-los a construir sistemas de armas muito mais precisos, dignos de serem usados em uma salva de abertura contra um porto inimigo.


“Os ASBMs, se forem capazes de discernir um navio de um píer, podem infligir um golpe de abertura assassino contra uma marinha inimiga”, informou o USNI. “O medo é que as frotas possam ser decapitadas antes que possam escapar para mar aberto ou se dispersarem.”


Os líderes de inteligência dos EUA descreveram o risco de a China iniciar uma guerra por Taiwan antes de 2030 como “agudo”, e os Estados Unidos provavelmente seriam atraídos para esse conflito. Para esse fim, o secretário da Força Aérea, Frank Kendall, disse no início de maio que o PLA estava explicitamente pesquisando e desenvolvendo armas capazes de superar a presença militar dos Estados Unidos no Indo-Pacífico.


“Eles estão estudando como lutamos… e projetando sistemas que visam nos derrotar”, disse Kendall.


“Eles não estão esperando para ver o que fazemos.”


Andrew Thornebrooke é repórter do Epoch Times cobrindo questões relacionadas à China com foco em defesa, assuntos militares e segurança nacional. Ele tem mestrado em história militar pela Universidade de Norwich


PUBLICAÇÃO ORIGINAL >

https://www.theepochtimes.com/china-testing-missiles-to-strike-ships-in-port-new-images-reveal_4463202.html

16 views0 comments