China 'não hesitará em iniciar uma guerra' por Taiwan: general chinês diz aos EUA

- THE EPOCH TIMES - Andrew Thornebrooke - TRADUÇÃO CÉSAR TONHEIRO - COMETÁRIO HEITOR DE PAOLA - 10 JUN, 2022 -


O ministro da Defesa da China ameaçou uma guerra sobre a questão de Taiwan durante uma troca intensamente acalorada entre as principais autoridades de defesa chinesas e americanas.


CLIQUE AQUI E CONHEÇA OS LIVROS DE MINHA AUTORIA >>>

https://www.heitordepaola.online/meuslivros


"Se alguém se atrever a separar Taiwan da China, o exército chinês definitivamente não hesitará em iniciar uma guerra, não importa o custo", disse o porta-voz de defesa da China, Wu Qian, citando o ministro da Defesa chinês, Wei Fenghe.


A agitação ocorreu durante a primeira reunião presencial do secretário de Defesa dos EUA, Lloyd Austin, e seu colega chinês, Wei, que se reuniram à margem do Diálogo Shangri-la, uma importante cúpula de defesa, em Cingapura, por cerca de meia hora em 10 de junho.


O ministro chinês também prometeu que Pequim irá “esmigalhar” qualquer esforço para manter Taiwan como uma nação independente, prometendo que a ilha e seus territórios serão trazidos para a China como parte da “unificação da pátria”.


Uma declaração divulgada pelo Pentágono logo após a reunião não mencionou o teor da palestra ou quaisquer detalhes.


“O secretário reiterou ao general Wei que os Estados Unidos continuam comprometidos com nossa política de longa data de uma só China, que é guiada pela Lei de Relações de Taiwan, os Três Comunicados Conjuntos EUA-China e as Seis Garantias”, disse o comunicado.


CLIQUE AQUI E CONHEÇA OS LIVROS DE MINHA AUTORIA >>>

https://www.heitordepaola.online/meuslivros


“O secretário reafirmou a importância da paz e da estabilidade em todo o Estreito, a oposição a mudanças unilaterais no status quo, e pediu à RPC que se abstenha de mais ações desestabilizadoras em relação a Taiwan”, acrescentou, referindo-se à sigla do nome oficial do regime, a República Popular da China.


Wu disse após o intercâmbio que as negociações foram um “bom começo” e pediu a Austin que se encontrasse com autoridades chinesas novamente enquanto estivesse na Ásia.


O Partido Comunista Chinês (PCC), que governa a China como um estado de partido único, considera Taiwan uma província separatista. O líder do PCC, Xi Jinping, prometeu unir as duas entidades e não descartou o uso da força para fazê-lo.


Por sua vez, Taiwan é autogovernada desde 1949 e nunca esteve sob o controle do PCC.


Desde 1979, os Estados Unidos reconhecem que o governo do PCCh é a única entidade que representa a China e não reconhecem Taiwan como uma nação independente. Washington, no entanto, mantém um compromisso com Taipei, delineado na Lei de Relações de Taiwan, no qual garante que fornecerá a Taiwan as capacidades militares necessárias para defender sua autonomia.


A liderança militar dos EUA acredita que o PCC está se preparando para uma invasão da ilha e pode lançar tal ataque até 2027. A questão se os Estados Unidos interviriam militarmente em tal situação é uma questão em aberto.


Atualmente, os Estados Unidos mantêm uma política de “ambiguidade estratégica” na qual não confirmam nem negam se defenderiam Taiwan de uma invasão do PCC. Em várias ocasiões no ano passado, o presidente dos EUA, Joe Biden, disse que os Estados Unidos defenderiam Taiwan, mas nos dias seguintes retrocedendo de seus comentários.


Andrew Thornebrooke é repórter do Epoch Times cobrindo questões relacionadas à China com foco em defesa, assuntos militares e segurança nacional. Ele tem mestrado em história militar pela Universidade de Norwich.


COMENTÁRIO DE HEITOR DE PAOLA > A imagem do poker é perfeita! A China está se aproveitando da ambiguidade ideológica e hipocrisia da administração Biden para "forçar a mão" e blefar. É claro que a China teme uma retaliação militar Americana. Wu Qian jamais diria o que disse se Trump - ou Reagan - estivesse na WH!


CLIQUE AQUI E CONHEÇA OS LIVROS DE MINHA AUTORIA >>>

https://www.heitordepaola.online/meuslivros


PUBLICAÇÃO ORIGINAL >

https://www.theepochtimes.com/china-will-not-hesitate-to-start-a-war-over-taiwan-chinese-general-tells-us-defense-secretary_4525064.html


CLIQUE AQUI E CONHEÇA OS LIVROS DE MINHA AUTORIA >>>

https://www.heitordepaola.online/meuslivros


14 views0 comments