China Dream & China Model

06/03/2020


- REAL CLEAR DEFENSE -

Tradução César Tonheiro


Coronavírus e as muitas falhas de Xi Jinping

06 de março de 2020 por Bradley A. Thayer e Lianchao Han


Enquanto o coronavírus consome as manchetes e ao mesmo tempo consideramos como o líder da China lidou com a crise, podemos ver amplamente um padrão de comportamento que revela o consistente exemplo de fracasso, seja nas negociações comerciais, na redução do crescimento econômico mesmo antes do surto de COVID-19, na atenção global centrada nos "campos de reeducação" muçulmanos em Xinjiang, e na supressão da democracia em Hong Kong que violava os compromissos do tratado no Reino Unido — 2019 foi um ano de grandes falhas para o PCC de Xi.


O resultado dessas falhas cumulativas é que a liderança de Xi é inadequada para o Partido Comunista Chinês e muito imprudente para a China e o mundo. Embora essas falhas reflitam mal para o governo de Xi, as frustrações têm duas consequências para o relacionamento da China com o resto do mundo.


Primeiro, os fracassos vão atrapalhar a imagem que a China de Xi procura transmitir ao povo chinês e ao mundo. O PCC sob Xi lançou um ataque ideológico ao resto do mundo através da narrativa estratégica "China Dream". Essa é a tentativa de Xi de levar a China a uma posição confiante e altamente elevada, como pode ser visto nas declarações de Xi sobre o "China Dream", particularmente sua ênfase no "grande rejuvenescimento da nação chinesa" e no desenvolvimento do "socialismo com características chinesas". O cerne da mensagem de Xi é a crença de que o modelo chinês de governança global é superior ao status quo estabelecido pelo Ocidente, particularmente os anglo-americanos no final da Segunda Guerra Mundial e em suas conseqüências. Xi sugeriu que a China é o único país que pode inaugurar essa nova ordem mundial. O "rejuvenescimento" implica o retorno a um  status quo ante [o estado em que as coisas estavam antes da guerra] cuja razoabilidade implica no domínio chinês. Segundo Xi, essa “nova era” descrita pelo “China Dream” é caracterizada pela “sabedoria chinesa e uma abordagem chinesa para resolver os problemas que a humanidade enfrenta”.


Em sua elaboração do “China Dream”, Xi frequentemente fala da necessidade de “seguir nosso próprio caminho”, o que implica uma ruptura com a ordem mundial ocidental e a posição dos EUA na política internacional. Na realidade, este é um esforço sustentado para restaurar a glória do passado da China quando era a força dominante no mundo. Xi criou as bases para a aquisição da ordem econômica global pela China. Sua abordagem combina novas narrativas (“China Dream”), políticas, instituições (como o Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura, AIIB) e projetos maciços (por exemplo, Belt and Road Initiative, BRI) com o objetivo central de reconstituir a ordem mundial liberal, com novas idéias, conceitos e instituições de governança global que mascaram o poder e as ambições hegemônicas da China.


A retórica "China Dream", foi aumentada pela narrativa estratégica "Common Destiny of Humankind" [Destino Comum da Humanidade]. Óbvio que pelo menos em Pequim entende-se que caberia a China liderar a implementação deste destino como, por definição, nenhum outro Estado poderia. A narrativa estratégica não pode impedir o equilíbrio com a China, é claro, porque isso é causado pelo crescimento prodigioso de suas capacidades, sua ideologia maligna e grandes ambições sutís e ardilosas. No entanto, a narrativa estratégica do China Clean Development Mechanism Fund (MDL) permite à China alguma ocultação para promover seus interesses sob o disfarce de sua liderança altruísta para forjar um mundo feliz por vir.


Essas narrativas estão em ruínas agora devido ao seu erro. A série de falhas não é acidental, mas é o resultado das falhas inerentes à regra de uma parte e aos erros de Xi como líder do PCC. Qualquer pretensão que a China possuísse para suplantar legitimamente a ordem global evaporou-se, pois esses eventos revelam a verdadeira natureza do regime e o domínio megalomaníaco de Xi. A China pode de fato substituir a ordem ocidental, mas se isso acontecer, a substituição da ordem ocidental será ilegítima e marcará um retorno às idéias atávicas e aos princípios políticos.


Em segundo lugar, isso abre uma oportunidade para os Estados Unidos explicarem ao mundo os custos do desgoverno de Xi. Essas falhas em série revela os profundos danos do governo de Xi. Além disso, fornecem outra oportunidade para desenhar o contraste gritante entre os EUA e a China em relação às diferenças em seus princípios políticos, respeito às liberdades e direitos, como governam, as consequências de seu governo e a visão que cada um tem do futuro da política internacional. No domínio da política internacional, as consequências do COVID-19 devem ser fortemente negativas para as aspirações e diplomacia da China, uma vez que o mundo é forçado a abordar o resultado do desgoverno de Xi.  A contabilidade mundial será medida nas mortes e doenças de seus cidadãos e nos danos à economia global.


Fundamentalmente, a pandemia é apenas a mais recente de uma lista de horrores que a China infligiu a si mesma e ao mundo, e que, por sua vez, dissiparam o mito do "China Dream" e do "China Model". O “China Dream” e o “China Model” estavam ancorados na utopia de um PCC eficiente, adequado para lidar com todas as dificuldades, e pretendia demonstrar em comparação com o Ocidente, a ascensão e supremacia da China sobre a democracia constitucional ocidental. O mundo precisava lembrar que os princípios políticos da China são tão mortais quanto a pandemia que seu desgoverno permitiu.



Bradley A. Thayer é professor de ciência política na Universidade do Texas em San Antonio e é co-autor de  Como a China vê o mundo: Han-Centrism e o equilíbrio de poder na política internacional . Lianchao Han é vice-presidente de Iniciativas de Poder do  Cidadão para a China . Após o Massacre da Praça da Paz Celestial em 1989, o Dr. Han foi um dos fundadores da Federação Independente de Estudantes e Acadêmicos Chineses. Ele trabalhou no Senado dos EUA por 12 anos, como consultor legislativo e diretor de políticas para três senadores. @ thayerhan1.



https://www.realcleardefense.com/articles/2020/03/06/the_virus_and_much_more_reveal_the_pattern_of_xi_jinpings_failures_115097.html

© Todos os Direitos Reservados - heitordepaola.online

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube