CEO da Pfizer vendeu 62% de suas ações após anúncio de eficácia da vacina

- ISTO É DINHEIRO - Da redação - 5 NOV, 2021 -

Albert Bourla (centro) conseguiu vender mais da metade das ações que detinha da Pfizer após anúncio da eficácia da vacina, o que rendeu a ele mais de US$ 5,6 milhões (Crédito: Divulgação)

O CEO da Pfizer, Albert Bourla, vendeu 62% das ações que detinha no mesmo dia em que a empresa anunciou a eficácia da vacina experimental contra a covid-19. A operação garantiu a ele mais de US$ 5,6 milhões, de acordo com a Securities and Exchange Commission (SEC).


Isso aconteceu na última segunda-feira (9), quando o anúncio fez com que os papéis da farmacêutica subissem mais de 15% no pregão da Bolsa de Valores de Nova York. Bourla vendeu suas 132.508 ações por um preço médio de US$ 41,94 cada, quase o maior valor em 1 ano, que foi de US$ 41,99 no ano passado.


Segundo o Business Insider, a venda, no entanto, não burlou as leis relacionadas a negociação com informações privilegiadas, já que foi realizada por meio de uma “regra de rotina” 10b5-1. Trata-se de um plano de negociação pré-determinado que permite aos funcionários de empresas com capital aberto venderem suas ações com um planejamento anterior, ação tomada por Bourla em 19 de agosto.


Mesmo com a gigantesca venda, ele segue com 81.812 ações da Pfizer.


LEIA MAIS AQUI >

https://www.istoedinheiro.com.br/ceo-da-pfizer-vendeu-62-de-suas-acoes-apos-anuncio-de-eficacia-da-vacina/


Acesse a minha HOME PAGE, para assistir meus vídeos e ler meus livros: https://www.heitordepaola.online/


0 views0 comments