CDC adverte que os americanos não devem viajar para a Itália

- THE EPOCH TIMES - Jack Phillips - Tradução César Tonheiro - 14 DEZ, 2021 -

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças ( CDC ) dos Estados Unidos disseram na segunda-feira que os americanos não deveriam viajar para a Itália , devido a preocupações com o COVID-19.


A agência federal de saúde agora lista 84 países como “Nível 4: Muito Alto”, incluindo a maior parte da Europa. Geralmente, o CDC nomeia um destino como Nível 4 quando há mais de 500 casos COVID-19 por 100.000 residentes no mês anterior.



A Itália e as Ilhas Maurício também foram adicionadas pelo Departamento de Estado à sua própria lista de “Nível Quatro: Não Viajar”.


A Itália relatou 98 mortes relacionadas ao COVID-19 na segunda-feira contra 66 no dia anterior, disse o ministério da saúde, enquanto a contagem diária de novas infecções caiu de 19.215 para 12.712. A Itália tem sido historicamente um dos principais destinos turísticos estrangeiros para os americanos.


Enquanto isso, os Estados Unidos impuseram novas restrições a viagens em 6 de dezembro, que exigem que os viajantes internacionais totalmente vacinados obtenham um teste COVID-19 negativo dentro de 24 horas antes da viagem.


Dias antes disso, o governo federal proibiu quase todos os estrangeiros de entrar nos Estados Unidos vindos de oito países da África Austral, como a África do Sul, devido à variante Omicron. Até agora, apenas uma morte relacionada ao Omicron foi relatada em todo o mundo após o anúncio do primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, na segunda-feira, confirmando uma morte em seu país.


Funcionários da Organização Mundial de Saúde disseram que a variante parece estar se espalhando rapidamente, mas outros funcionários sugeriram que o Omicron pode não levar a doenças mais graves do que outras cepas, incluindo Delta.


Apesar da Omicron aparentemente apresentar sintomas mais brandos, as autoridades do Reino Unido e da Europa estão agora lutando para implementar novos bloqueios e outras medidas, enquanto os governadores da Califórnia e de Nova York reeditam os mandatos de máscara para todos os negócios internos em seus respectivos estados. Alguns funcionários federais disseram que mais dados são necessários antes de fazer uma avaliação sobre a gravidade da Omicron.


“Estamos preocupados com o grande volume de indivíduos que estão sendo infectados todos os dias na população, que teremos quatro semanas muito difíceis pela frente com casos na comunidade, o que certamente fará com que os indivíduos precisem ficar longe do trabalho e da escola e posteriormente para que esses casos sejam transferidos para internações em hospitais ”, disse a Dra. Susan Hopkins, a principal conselheira médica do Reino Unido, a legisladores britânicos na terça-feira.


Atualmente, 10 pessoas que contraíram a variante Omicron estão hospitalizadas no Reino Unido, disse Hopkins.


E o conselheiro do COVID-19 da administração Biden, Anthony Fauci, disse à CNN que a cepa pode ser a dominante nos Estados Unidos. Como resultado, ele argumentou que os americanos deveriam receber injeções de reforço.


PUBLICAÇÃO ORIF=GINAL >

https://www.theepochtimes.com/cdc-warns-americans-shouldnt-travel-to-italy-2-other-nations_4156562.html


Acesse a minha HOME PAGE, para assistir meus vídeos e ler meus livros: https://www.heitordepaola.online/


5 views0 comments