5 momentos em que o STF agiu de maneira autoritária

- MISES BRASIL - RECEBIDO POR EMAIL - 27 ABR, 2022 -


Você confia na Suprema Corte Brasileira?

Acredita que os 11 ministros são imparciais e jamais usariam o Poder Judiciário para perseguir as suas desavenças pessoais?

Não é de hoje que o STF vem se comportando de maneira completamente despótica.

Em várias ocasiões eles passaram por cima daquilo que eles juram resguardar (a Constituição) para fazer valer a sua vontade.

Hoje, nós separamos 5 momentos em que o Supremo Tribunal Federal agiu de forma completamente autoritária.

Aqui vão eles:

1 - Censurou veículos da imprensa que noticiaram a ligação entre o então presidente do STF e a Odebrecht;

2 - Ordenou apreensões de computadores e proibições de uso de redes sociais ao redor do país;

3 - Demitiu fiscais da Receita Federal que investigavam familiares de ministros do STF;

4 - Ordenou busca e apreensão no escritório de advocacia do ex-procurador-geral Rodrigo Janot com base em um não-crime ocorrido há vários anos;

5 - O ministro Alexandre de Moraes estabelece o banimento do Telegram no Brasil, com multa de R$100.000, 00 para usuários que descumprissem a ordem. A medida foi revogada.

Muito se fala em ameaça à democracia, e isso é bastante usado como pretexto para suplantar as liberdades individuais.

Esse ambiente de insegurança jurídica é nocivo em vários aspectos.

Evidente que isso faz parte de um longo processo histórico.

Se você quer entender as raízes dos nossos problemas, é preciso conhecer a história das nossas constituições.

- RECEBIDO POR EMAIL -

12 views0 comments