29 crianças e adolescentes de até 17 anos morreram após receberem vacina contra o COVID, na Europa

- ALIADOS BRASIL - GUSTAVO REIS - 15 OUT, 2021 -

Os números apresentados por dados oficiais e a realidade vivida pelos próprios são uns dos motivos para que médicos na Suiça se voltem cada vez mais contra as vacinas.


Uma matéria feita na revista suiça semanal Die Weltwoche em sua última edição, que apresentou o movimento na rede social chamado “Aletheia - Medicina e Ciência pela Proporcionalidade”, cita a base de dados "EudraVigilance" da Agência Europeia de Medicamentos EMA, onde podem ser notificados casos suspeitos de efeitos secundários de medicamentos .


Segundo esse relatório, 29 crianças e adolescentes de até 17 anos morreram após receberem vacina contra o COVID, na Europa.


E, de acordo com esse banco de dados, 146 adolescentes corriam perigo de morte e cerca de 3.400 dos jovens sofreram efeitos colaterais graves, como acidente vascular cerebral, miocardite e trombose (a partir de 11 de outubro de 2021).


LEIA MAIS:

https://www.aliadosbrasiloficial.com.br/noticia/bomba-29-criancas-e-adolescentes-de-ate-17-anos-morreram-apos-receberem-vacina-contra-o-covid-na-europa


Acesse a minha HOME PAGE, para assistir meus vídeos e ler meus livros: https://www.heitordepaola.online/


289 views0 comments